fotoand  O governador Luiz Henrique da Silveira defendeu o transporte público como forma de diminuir os problemas do trânsito. "Enquanto nos países da América do Norte e da Europa o transporte público é muito usado, aqui no Brasil nós não temos essa cultura. Se essa conscientização não for feita, se não forem dadas condições ao transporte público, mais trânsito vai haver e consequentemente mais acidentes", observou. Luiz Henrique  fez a  defesa na abertura do XXIV

Encontro Nacional dos Òrgãos Executivos de Trânsito dos Estados e do Distrito Federal, realizado em Florianópolis entre os dias 25 e 27 de março.
   Também na abertura do evento, o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Alfredo Peres da Silva, ressaltou a importância de reuniões como essa para a formulação de estudos que busquem a diminuição do número de mortes no trânsito. "Precisamos saber que o trânsito no Brasil mata mais do que algumas doenças graves, e isso precisa diminuir. Por isso, durante encontros como este, trocamos experiências entre os Estados para tentar reverter esse quadro", disse.
  No encontro foram apresentados assuntos como a vistoria em veículos, o aprimoramento do sistema de lacres e as campanhas educativas na promoção da segurança viária. O Detran/SC apresentou pormenores do projeto de descentralização da emissão de licenciamento anual, com impressão do documento em escritórios de despachantes devidamente autorizados. O deputado Hugo Leal apresentou um balanço sobre a Lei Seca.