A documentação básica – cópia (e original) do RG, do CPF (ou CNPJ) e do comprovante de residência – deve ser apresentada em qualquer caso. Mas há uma ligeira diferença, para o caso de veículo importado por empresa especializada ou por importador independente.

Importador independente (que não tem NotaFiscal): 

  • comprovante de importação, fornecido pela Receita Federal
  • verificação de pré-cadastro na Base de Índice Nacional (BIN)

Empresa importadora: 

  • nota fiscal

Observação:

  • quando se tratar de veículo adquirido em revendedora autorizada, o procedimento será o mesmo do veículo nacional. Em nenhuma hipótese, todavia, é possível deixar de fazer a verificação do pré-cadastro.